Cultura
|  N° Edição:  2207 |  24.Fev.12 - 21:00 |  Atualizado em 25.Nov.14 - 23:20

Pânico na BAND

O programa "Pânico na TV" muda de emissora, terá algumas alterações e promete abalar a audiência nas noites de domingo

Larissa Veloso

chamada.jpg
TURMA UNIDA
Surita (o segundo, da esq. para a dir.) diz que todo o elenco muda com ele

A mudança de emissora de um dos mais bem-sucedidos programas de humor do País promete sacudir a guerra de audiência na tevê. Com contrato já fechado com a Rede Bandeirantes, o “Pânico na TV” deixa a RedeTV! sob rumores de atraso de pagamentos – a dívida com o elenco variaria de R$ 5 milhões a R$ 20 milhões. A previsão é de que o humorístico estreie na nova casa no dia 18 de março e continue a ser exibido aos domingos, às 21h. Com a transferência da trupe irreverente comandada pelo apresentador Emilio Surita, a Band realiza o sonho de outras emissoras, como o SBT, por exemplo, que fez de tudo para levar a atração para a sua grade em 2005.

Como os integrantes do “Pânico” mantinham contratos diferentes com o antigo canal, a ida de toda a equipe poderia ser prejudicada pela cobrança de multas. Mesmo assim, Surita garante que toda a turma vai com ele, Sabrina Sato, Vesgo (Rodrigo Scarpa) e Silvio Santos (Wellington Muniz), incluídos. E, embora o horário seja mantido, o novo formato do programa ainda não é certo. Sabe-se, porém, que os humoristas exigiram plena liberdade de ação na Band. Uma das mudanças que já estavam previstas é a substituição do personagem Jô Suado por uma imitação do apresentador Boris Casoy, a ser feita por Márvio Lúcio, o Carioca.

Por nove anos a maior audiência da Rede TV!, o “Pânico” deve levar seu público cativo para a nova emissora e, assim, desestabilizar a audiência nos domingos. Em contrapartida, vão na bagagem as conhecidas dores de cabeça que provocou no passado. Os seus humoristas foram processados por difamação por atrizes como Luana Piovani e Carolina Dieckmann, perseguidas no quadro “Sandálias da humildade”. Além disso, as perguntas nada respeitosas do repórter vesgo tiveram respostas à base de sopapos da parte de famosos, entre eles Victor Fasano e o cantor Netinho de Paula. Para a Band, os novos contratados vão somar essa atitude à de outra turma sem papas na língua: a do paletó preto e dos óculos escuros do “CQC”.

img.jpg

jairo silva

EM 20/11/2014 15:13:12

https://www.youtube.com/watch?v=udHq6XjeYrk


josé

EM 29/10/2014 12:23:47

houve protestos contra a privatização da vale e telebrás mas as mídias covardemente apoiaram FHC e ignoraram o o povo. E MILHARES DE PESSOAS FORAM MANDADOAS PARA A RUA!! E ERAM PROFISSIONAIS QUALIFICADOS!!! Agora não sabem por que o PT,que reduziu o desemprego e a fome,ganhou mais esta!


jose

EM 29/10/2014 12:17:47

SOBRE CORRUPÇÃO DOS SETE ANÕES ,EM 94 SE NÃO ME ENGANO....NADA??? PASTA ROSA DURANTE FHC...NADA?? A PRIVATIZAÇÃO DA VALE \telebrás barata ... AÍ TUDO BEM O PSDB DEM mandavam,né? Lembrem da história e o governo Dilma está julgando todos os corruptos sejam do PT ou não,queiram ou não queiram.


verdade

EM 24/10/2014 21:56:01

Na reportagem, "Veja" diz que um advogado de Youssef estava presente, mas não cita seu nome. Antonio Figueiredo Basto, que representa o doleiro no processo, confirmou que seu cliente prestou depoimento à PF na última terça (21), mas afirmou não ter conhecimento da denúncia citada pela revista. UOL


marco zake

EM 23/10/2014 00:59:26

nao se fala do orgulho que tinhamos dos correios nem se fala que a vale dava vermelho era um armario de cabides ou seja muita gente com cargo que nao trabalhava como e a petrobras hj isso e pt roubo e inresponsabilidade





publicidade