• aumento de 22%
  •   |  ISTOÉ Online
  •   |  26.Nov.14 - 18:49
  •   |  Atualizado em 27.Nov.14 - 06:15
Comissão da Câmara aprova salário de R$ 35,9 mil para STF
Agência Brasil

As propostas de aumento de quase 22% dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do procurador-geral da República, a partir de janeiro de 2015, venceram mais uma etapa na Câmara e foram aprovadas nesta quarta-feira pelo terceiro colegiado a analisar as matérias. Deputados da Comissão de Finanças e Tributação foram favoráveis aos projetos de lei (PL 7.917/14 e PL 7.918/14) que ampliam de R$ 29.462,25 para R$ 35.919,05 o valor recebido por esses cargos, considerados teto salarial constitucional.

Pelo texto, o aumento considera a reposição das perdas da inflação de 2009 a 2013 e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo projetado para este ano. Pelas contas apresentadas pelo STF, o reajuste significará um impacto de R$ 2,5 milhões para a Côrte e de mais de R$ 645 milhões para o Judiciário.

Editorial
ABRIRAM A CAIXA DE PANDORA

Nunca se viu um início de governo ? e dá para tratar assim, já que a presidente foi reconduzida ao posto ? tão com cara de fim de feira. Pipocam problemas por todos os lados. É como se a Caixa de Pandora tivesse...


Últimas Entrevistas

Deputado Antonio Imbassahy 21.Nov.2014
Rosane Malta 14.Nov.2014



ISTOÉ Multimídia

Após perda da filha, o executivo financeiro aposentado Rodolfo Fischer criou um parque para crianças com deficiência na Mooca, zona leste de São Paulo. Conheça como é o playground.


COLUNAS E BLOGS